Centro de Excelência

A ideia de formar e desenvolver um centro de excelência surge quando se deseja unir capacitações, tecnologias, recursos financeiros, metodologias e conhecimentos de tal forma que se alcancem objetivos mais nobres e complexos em menor tempo e com melhores resultados. Seja num projeto social, tecnológico, de educação ou cultural, pensar em centro de excelência é pensar em reunir recursos para conseguir o que isoladamente não seria possível realizar.

Na concepção da Vila Olímpica da Maré como um centro de excelência, o primeiro passo foi definir, a partir do primeiro recurso, que era a sua instalação física, o que era a essência do trabalho e o que poderia ajudar a melhorar as condições e a qualidade de vida na região. O que se tinha era suficiente para oferecer escolas de esporte que, apesar de importantes, não dariam conta das outras necessidades dos moradores da Maré. Naquele momento, as lideranças da comunidade sabiam que o bairro precisava também de ações culturais, de educação, lazer, saúde e empreendedorismo.

Diante de um projeto idealizado e construído para ser um projeto esportivo, e do desejo da comunidade de ter um projeto sociodesportivo, a Vila Olímpica da Maré foi concebida dentro do conceito de um centro de excelência voltado para a formação integral do indivíduo, onde o esporte era um fator de atração da comunidade, e não o fim em si mesmo. Foi criada ainda uma organização – a UEVOM – para negociar e estabelecer parcerias estratégicas com órgãos do governo, universidades e entidades nacionais e do exterior de forma a conseguir recursos e alcançar os objetivos propostos.

É como um centro de excelência que a Vila Olímpica da Maré realiza o seu trabalho, discutindo com seus parceiros o que é possível fazer em cada momento, procurando agregar pessoas e entidades com novas visões. Trata-se de um processo dinâmico e em permanente construção, onde se procura sempre a otimização no uso de recursos, a integração, a pluralidade e a transversalidade. Permanentemente há novos degraus a galgar, novos ciclos de evolução em direção à excelência, que tem que ser perseguida sempre. Afinal, o excelente de hoje é o obsoleto de amanhã.

Para saber mais sobre centros de excelência, acesse: http://www.ecentex.org/